O meu mundo de sonho...
é um mundo infinito, aonde moram os meus sentimentos,
as minhas memórias, as minhas ilusões, as minhas recordações de alguns momentos ou determinados lugares,
as minhas desilusões, e também todos os meus sonhos!
E como sabem, os sonhos comandam a nossa Vida,
dão asas à nossa imaginação, e nos transportam
para além da nossa alma!
Sejam BEM VINDOS a este meu pequeno espaço e atrevam-se a sonhar comigo em "O meu mundo de sonho..." :)

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Não existem "Robocops"



Todos os profissionais de Policia têm um lado humano, muitas vezes sacrificado em nome do sucesso de dinâmicas policiais que frequentemente favorecem o seu esquecimento, pois eles próprios, muitas vezes têm de agir como se fossem ‘Robocops’!

Os policias são humanos como todos nós, a farda que vestem tornam-nos policias mas não o despem dessa condição essencial , e o seu caracter, personalidade e profissionalismo, é que o vai definir como policia, e o seu lado humano é que fará toda a diferença no seu dia a dia e durante o desempenho da sua profissão!

E é esse mesmo lado humano que muita gente desconhece num polícia!
O lado humano é aquele que permite agir com o coração, com a razão e com o bom senso, tantas vezes muito útil em situações de maior melindre social, no dia-a-dia, onde os policias obrigam-se a desempenhar vários papeis; de psicólogo, assistente social e até conselheiro.

Tal como qualquer um de nós, os polícias sentem medo muitas vezes, em muitas acções profissionais, onde a fronteira entre o herói e o vilão depende tantas vezes da mera sorte, mas foram treinados para o enfrentar de frente... tal como nós os policias também choram, também sangram, também lhes dói, mas têm de estar preparados para aguentar a dor...tal como nós eles receiam a morte, mas estão destinados a olhar a morte de frente.

Aliás, eles, os policias, todos os dias, no desempenho das suas funções profissionais, enfrentam muitas situações limite de perigo eminente, onde o espectro da morte paira a cada segundo, pois eles lidam com nichos de sociedade complexos, problemáticos, marginais, etc onde os níveis de perigosidade imponderável aumentam substancialmente .

Quantas vezes um profissional de policia regressa a casa cansado, afectado, desapontado, desiludido?...muitas vezes.
Por isso mesmo o suporte familiar é de extrema importância, para que possa sentir-se reanimado, recuperado, para no dia seguinte poder enfrentar de novo, com um sorriso, uma sociedade cada vez mais exigente, mais problemática e mais complexa.
Família essa que acaba por ser o pilar e a base de sustentação emocional de todos os profissionais de policia, quando a relação com a família é excelente, a base é forte e isso fortalece o homem, o humano, o policia, mas quando a mesma é deficitária, ou não existe, naturalmente os efeitos notam-se logo, a base de sustentação fica em risco, e é quando aparecem as depressões que quando não detectadas e tratadas a tempo podem mesmo terminar de forma abrupta e violenta, como o suicídio, fenómeno esse que infelizmente se encontra em crescendo nas forças  policiais, e a meu ver esse mesmo fenómeno deveria ser analisado e estudado com atenção e urgentemente por quem de direito, para que possam a curto ou médio prazo encontrar soluções para os homens que vestem as fardas (policias)!

Ja ouvi falar de polícias que pagaram as compras a pessoas que não tinham dinheiro para pagar...de policias que salvaram pessoas mesmo estando de folga...de policias que morreram para que outros vivessem... e muita gente ainda tem coragem de dizer que os policias não são humanos???
Se não fossem humanos, não se preocupavam em proteger e defender ... e nem sequer davam o próprio peito ás balas para salvarem pessoas!!

É esse lado humano que lhes dá vida ,força e coragem...pois não é a farda que faz o policia, mas sim o homem que está dentro da farda é que faz o verdadeiro policia...para o bem e para o mal!!
Não há Robocop’s.

4 comentários:

  1. Apenas só como tu sabes escrever, óptimo, muito bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Vitoriano Ferreira pelo teu comentário :)

      Eliminar
  2. Só quem cá anda, sabe do que falas!... Para os outros... São meras palavras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada "El Kosta" pelo seu comentário, disse uma grande verdade (Y)

      Eliminar